terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Presentes de Natal e Cartinha para o Papai Noel


Guilherme e Gustavo, quando questionados sobre o que queriam ganhar do Papai Noel, cada hora diziam uma coisa diferente. Guilherme falava muito na "mão do Hulk", mas as vezes falava em "patinete", no "jogo Cai não Cai"... O preferido do Gustavo, por outro lado, era o "boneco do Hulk", mas também o "martelo ou o boneco do Thor"...
Eu, "muito esperta", para resolver o problema, fui comprar os presentes com os dois, no início de dezembro, na inocência de que eles iriam esperar até o Natal para abrir.
É ruim, hein! Chegamos à loja (lotada) e foi aquela euforia. Guilherme mudou totalmente de ideia e escolheu o "jogo Uno Attack". Já o Gustavo foi fiel e continuou com o "boneco do Hulk". Saímos do shopping e no carro mesmo, incentivados pelo papai (frise-se), abriram os presentes de Natal. :/

O final da história não poderia ser outro: tive de sair novamente para comprar os presentes do Papai Noel, mas dessa vez de acordo com o que foi pedido oficialmente na cartinha. Para a minha sorte, o tio Paulo ainda não tinha comprado nada para o afilhado e me ajudou. :D
Reparem na cartinha que o Gui escreveu. É claro que ele não fez sozinho, mas algumas palavras ou sílabas ele conseguiu escrever. O resto eu ia ajudando. No final da carta reparem que ele fez o desenho da mão do Hulk e do martelo do Thor.
Foi a primeira vez que fizemos uma carta para o Papai Noel, e detalhe: terminamos de escrever ontem...

domingo, 25 de novembro de 2012

Vovô Paulo X Guilherme e Gustavo

Guilherme e Gustavo adoram brincar de luta. Vez ou outra chamam o papai ou quem encontrar pela frente para lutar. Já ensinei que não é bem assim, principalmente com as meninas, que são "princesas" e não gostam de luta. Gustavo é muito engraçado, quando quer esse tipo de brincadeira, olha para mim e fala: "Mamãe é princesa, não brinca de luta, brinca de beijo e carinho, não é?" :D
Vovô Paulo não conseguiu escapar! Mas é verdade que ele ficou "provocando" os meninos, e o resultado foi esse:




O mais engraçado foi a mãe dele, minha avó, desesperada querendo protegê-lo das ferinhas...

domingo, 11 de novembro de 2012

Vídeo Game

As crianças estão viciadas em jogar playstation... Ontem se juntaram com o primo, Bruno, na casa dele, e foi aquela farra. Passaram a tarde inteira jogando.
Da esquerda para a direita: Bruno, Guilherme e Gustavo, jogando "Ben 10".


Depois, Bruno foi dormir na nossa casa, mas antes passamos na festa da Rafinha, outra priminha, filha da Daniela.
O dia foi super cansativo. Saímos de casa às 09h30 e só voltamos depois das 23h.
As crianças chegaram imundas de tanto brincar. Resultado: papai foi dormir e eu fui dar banho nas crianças...
Depois de tudo isso eles queriam jogar mais vídeo game! E eu exausta!
Quando consegui arrumar tudo para deitarmos, Gui ainda pediu para eu ler um pouco do "Pequeno Príncipe", aff!
Fomos dormir já era mais de meia-noite.
Hoje o Bruno acordou super cedo, eufórico, para jogar mais vídeo game... Haja pique! kkkkkk

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Livros - Coleção Itaú



Desde 2010 o Banco Itaú promove uma campanha de incentivo à leitura para as crianças. Basta se cadastrar no site que eles enviam uma coleção de livros gratuitamente. 
Como as crianças aqui em casa adoram ler, já fiz meu cadastro para receber os livros deste ano.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Meu protetor!

Gustavo está numa fase super engraçada. Ele se acha o verdadeiro super-heroi!
Uma hora é o Hulk, outra o Homem-Aranha, o Max Steel, o Batman... Se está vestido de Hulk, dá soco no chão como se fosse quebrá-lo. Se está de Homem-Aranha, fica escalando os bancos do carro ou a parede... Se alguém vem falar com ele, faz voz grossa, como se estivesse bravo...
Quando está com alguma de suas fantasias nem adianta chamá-lo pelo nome. Se o fizer ele acha ruim e fala: "Não sou Gustavo, sou o Hulk..."
Para incrementar a foto, além da fantasia e da máscara, teve de calçar as luvas de box do papai.
Acho que eu estou bem protegida, não é mesmo?


Birra "bonitinha"...

Hoje, vendo umas fotos do celular, descobri uma linda... Emerson pegou o Gu fazendo birra e triste porque não queria vestir o terno para o casamento que fomos.
Ao contrário do irmão, Guilherme adorou se vestir "de homenzinho" (ao fundo).
L I N D O S !!!

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Dia de ir ao dentista


Levei as crianças ao dentista hoje de manhã.
Considerando o comportamento deles na última vez, eu estava tranquila, pois no geral não deram trabalho. Hoje não foi diferente.
Por experiência própria, fiz questão de que o Gustavo fosse o primeiro. A dentista até tentou me fazer mudar de ideia, dizendo que o mais velho daria exemplo ao menor para não se assustar. Eu garanti que quem daria exemplo seria o mais novo... ela ficou meio desconfiada, mas eu sabia o que estava falando.
E assim foi. Gustavo sentou na cadeira numa boa, se comportou como um rapaz, não deu trabalho algum. Abriu a boca bem grande, deixou a dentista usar a escovinha elétrica, bochechou e cuspiu na hora certa, deixou passar o fio dental e aquele flúor horrível que fica duro e grudado nos dentes. Ela ficou "boba" rsrsrs
Enquanto isso, Guilherme ficava me fazendo um monte de perguntas. A preocupação dele era com esse tal flúor "durinho que gruda nos dentes". Eu falei que isso era bobagem, não doía e portanto ele não tinha que se preocupar.
Na vez dele, também deu tudo certo! Se comportou muito bem e não deu trabalho. Para a sorte dele e por já estar grandinho, o flúor que a dentista passou era daqueles usados em adultos, que não gruda nos dentes. Ele ficou todo satisfeito!
No final, pelo bom comportamento e por não terem nenhuma cárie, ganharam um monte de tatuagens.

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Vida boa...

Fomos ao casamento de uma sobrinha nesse final de semana. No trajeto entre a cerimônia e a recepção as crianças dormiram. Quando chegamos, papai teve a ideia de reclinar os bancos de trás do carro e fazer uma cama para eles.
Olhem só que vida boa... ser criança é bom demais, não é? Dorme em qualquer lugar, sem nenhuma preocupação, e com a certeza de que nós, pais, estamos sempre por perto.


Da esquerda para a direita: Guilherme, Juninho (primo que também pegou no sono) e Gustavo.
A propósito, foi a primeira vez que as crianças usaram um terno (reparem na calça social do Gui). Ficaram lindos!!!

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

O sofrimento nosso de cada dia

Para mim, uma das tarefas mais difíceis é escovar os dentes das crianças.
Guilherme já tem 5 anos. Teoricamente deveria fazer isso sozinho, mas não! Assim que acorda, toma sua vitamina VENDO DESENHO (e esse é o principal problema). Começa a assistir e não quer mais parar. Fica viciado, vidrado, alucinado! Faço mil chantagens para conseguir levá-lo ao banheiro. Já inventei diversas brincadeiras - faço avião, helicóptero, foguete, levo de cabeça para baixo... Quando consigo, ele não desiste do tal desenho, fica tentando ver pelo espelho do banheiro, que dá visão para a TV da sala (e eu me contorcendo para conseguir escovar direito).
Com o Gustavo meu problema não é o desenho... O problema começa na escovação mesmo. Falando sério, devo levar uns 30 minutos escovando os dentes dos dois! Gustavo tem a mania de ficar abrindo e fechando a boca, às vezes também resolve morder a escova. É uma dificuldade imensa conseguir escovar os dentes de trás, principalmente na lateral. Ele fica conversando muito, brincando com a descarga(!), tentando pegar o sabonete, querendo ver o desenho da escova, enfim, tudo para dificultar a minha vida. Ah, já ia esquecendo: falo mil vezes "só falta dos lados, deixa a mamãe terminar", mas ele finge que não me escuta...
O papai, que é mais esperto do que eu, tem deixado eles irem para a escola (depois do almoço) sem escovar os dentes. kkkkkkk

sábado, 4 de agosto de 2012

Garoto de atitude!


Hoje tivemos uma surpresa!
Estávamos na cozinha quando o Gustavo disse que queria fazer xixi. Como eu ainda fui secar as mãos, ele saiu na minha frente. Quando cheguei no banheiro, vi essa cena. Ele subiu no vaso sozinho, abaixou a cuequinha e fez xixi sem a ajuda de ninguém! Fui correndo pegar a máquina e chamei o papai para ver.
E o mais impressionante é que ele conseguiu acertar o alvo direitinho (não deixou o vaso sujo - o que seria esperado, pois, além de ser criança, é HOMEM... rsrsrsrs).
Não está um rapaz?!

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Dia da fruta

Hoje, surpreendentemente, Guilherme pediu para levar maçã para o colégio!!!
Levei um susto, pois é uma dificuldade fazê-lo comer qualquer tipo de fruta! Na verdade, de vez em quando, ele come maçã (é a única fruta que ele come inteira, sem ser batida no liquidificador em forma de vitamina), mas mesmo assim ele enrola mais do que come...
Quando eu estava arrumando seu lanche hoje, ele veio perguntar se era dia de fruta (no colégio eles elegem um dia da semana, chamado "dia da fruta", e a professora faz "um piquenique" com todas as frutas levadas, de forma a estimular o consumo). Respondi que não (o dia da fruta na sala dele é 2ª feira).
Mesmo assim ele pediu para levar a maçã! Perguntou se ia ganhar adesivo e se seu nome ia ser escrito no quadro com um "parabéns". É claro que respondi que sim, que se ele comesse ia ganhar tudo isso! 
Fiz um bilhete "enorme" para a professora pedindo que, caso ele realmente comesse, ela não deixasse de dar-lhe um adesivo e de escrever "parabéns" (imagina qual não seria a decepção do Gui se não tivesse todo esse reconhecimento!). 
Minha preocupação era tão grande de as professoras esquecerem de "recompensá-lo", que pedi para o pai, que geralmente é quem o leva para o colégio, reforçar pessoalmente com a professora.
Quando voltei do trabalho a primeira coisa que perguntei foi se ele tinha comido a maçã e se tinha ganhado o adesivo.
Ele comeu (metade) e ganhou um belo bilhete na agenda.
Fiz a maior festa e ele ficou todo bobo!


domingo, 8 de julho de 2012

Gustavo perdeu uma unha do pé


Há mais ou menos 10 dias o Gustavo bateu o pé na porta do elevador. Sangrou, mas ele até que não chorou muito... Hoje a unha caiu todinha, depois de ter ficado uns 4 dias pendurada. Antes de cair, Gustavo não deixava ninguém tocar na unha, apenas ver. Agora que caiu, ele está achando o máximo, acreditam?!

segunda-feira, 11 de junho de 2012

A B C ...

Guilherme ganhou um quadro e adivinhem só o que ele fez... escreveu o alfabeto sozinho!!!
Foi apenas até a letra S porque não tinha mais espaço. Mas percebam que a única letra que ele escreveu ao contrário foi a J. Ele mesmo ia cantando a música do alfabeto e escrevendo.
Lindo!

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Fui chamada no colégio do Gui...

Não achei que isso fosse acontecer tão cedo, mas hoje a Coordenadora Educacional me chamou para uma reunião no colégio do Gui...
A professora já vinha sinalizando que o comportamento dele não estava muito bom. Ele tem sido agressivo com os colegas e desafiador com a professora.
A Coordenadora me falou exatamente sobre isso. Não é nada sério, mas é melhor corrigir agora a deixar para mais tarde e possivelmente influenciar de forma negativa na parte pedagógica.
Em casa, Guilherme é da mesma forma. Desafia as ordens que damos o tempo todo e está acostumado com que façamos quase tudo para ele.
Como pais, às vezes não enxergamos que nosso filho está crescendo e acabamos não dando tanta autonomia nas tarefas do dia-a-dia que ele poderia fazer sozinho.
A Coordenadora orientou que o matriculássemos em algum esporte coletivo e que déssemos mais autonomia dentro de casa.
Algumas coisa vão ter de mudar. Nossos maiores desafios serão fazer com que ele deixe de dormir na nossa cama e que começe a comer sozinho na hora do almoço.

domingo, 27 de maio de 2012

Empinando pipa


Ontem fomos à festa da família no colégio das crianças. Tinham várias oficinas, dentre elas, a de fazer pipa. Guilherme me fez ficar na fila por exatos 40 minutos para fazer sua primeira pipa! Nesse meio tempo, eu penei! Estava sozinha, pois papai tinha acabado de sair para trabalhar (se ele ainda estivesse lá, com certeza não teríamos ficado na fila... ele tem horror a filas!) :D
Bom, é claro que o Gustavo não ficaria quietinho na fila, Guilherme, tampouco. De qualquer forma, tive de deixar o Gui "tomando conta do nosso lugar", para poder dar umas voltinhas com o Gu. Vez ou outra voltava para ver se o Gui ainda estava na fila, e sempre o via indo para a frente ver se já estava chegando a nossa hora (ainda bem que a mulher que estava atrás da gente foi bacana e entendeu a situação).
40 minutos depois, conseguimos fazer as pipas! Saímos do colégio com o Guilherme chorando porque queria empinar a pipa na hora, mas eu não sabia como fazer!!!
Chegamos em casa e Gustavo estragou a pipa!
Hoje, papai trabalhando, de novo, fomos à feira da torre comprar uma "de verdade". O rapaz que nos vendeu me ensinou como fazer... ficamos um tempinho tentando, mas sem grandes progressos. Até conseguimos fazê-la levantar, mas pouco tempo depois ela caía...
Ainda assim, os meninos ser divertiram e empinaram pipa pela 1ª vez!

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Massinha caseira

Há dois dias que o Guilherme me pede para pegar a receita caseira de massinha para fazermos, mas eu sempre esquecia. Hoje ele ligou no meu trabalho para me lembrar.
Cheguei em casa a noite com a receita e não teve jeito, tivemos de fazer! Foi uma bagunça! Levei os dois para o box, achando que ia conseguir "salvar a casa", mas não adiantou... no final, tinha massinha para todo o lado!
No começo eles até que brincaram no banheiro, mas depois, quando vi, já estavam no quarto, colocando massinha no chão e na roupa :/
Para quem quiser, aí vai a receita (eu reduzi todos os ingredientes pela metade):
- 4 xícaras de chá de farinha de trigo;
- 1 xícara de chá de sal;
- 1 1/2 xícara de água;
- 1 colher de sopa de óleo;
- Corante
É só misturar tudo com a mão e está pronto! Aconselho a colocar menos água e ir adicionando aos poucos, até ficar com a textura boa.


Outro esconderijo

Agora a pouco começei a procurar pelo Gustavo, que estava brincando no quarto dele, bem quietinho. Procurei, procurei, mas não o vi em lugar algum... até eu me lembrar que um dos lugares preferidos dele ficar é...
... dentro do armário de brinquedos!

domingo, 13 de maio de 2012

Dia das Mães

Esse Dia das Mães foi bem especial.
Primeiro porque ganhei o primeiro desenho do Gustavo, feito no colégio. Também ganhei um desenho e um cartão do Guilherme. Lindos!









Papai nos levou para um Hotel Fazenda. Passamos o final de semana lá.
As crianças se divertiram e fizeram muitas coisas novas: subiram em um boi de verdade, andaram de charrete, tiraram leite da vaca, brincaram com bodes, viram feno, pescaram, viram porcos, galinhas e cavalos bem de pertinho.
Além disso, é claro, nadaram muito!


sábado, 5 de maio de 2012

Vacinação contra a gripe

Levei as crianças para tomar a vacina da gripe.
Chegamos ao laboratório faltando 10 minutos para encerrar a vacinação. No meio do atendimento, Guilherme e Gustavo ficaram com vontade de ir ao banheiro ao mesmo tempo, e para fazer o "número 2".
Como sempre, quando eles vão ao banheiro, demoram um tempão. Acabam de fazer o serviço, mas ficam lá pensando na vida. Não tem quem os tire rápido...
Dessa vez não foi diferente!
Bom, na hora da vacina, Guilherme, que já sabia o que ia acontecer, ficava me perguntando quem ia tomar primeiro. Ele fez questão que fosse o Gustavo.
Gustavo não chorou! Quando terminou ele foi direto brincar no cavalinho que estava antes, nem parecia que tinha levado uma agulhada na perna.
Na vez do Guilherme, ele saiu correndo, fugiu mesmo. Tive de ir atrás e segurá-lo com toda a minha força. Tentei explicar que não doía, que o irmão não tinha nem chorado, mas não adiantou! Foi um escândalo!
Quando a enfermeira terminou de aplicar, ele ainda ficou chorando.
Eles ganharam sacolinha com suco, biscoito e balão, mas não adiantou. Só foi parar de chorar dentro do carro. Eu fiquei morrendo de dó!
Mas depois de tudo, acreditam que ele veio me dizer que nem doeu?!?!

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Primeiro dia de aula do Gustavo

Depois de 9 meses sem frequentar a creche, Gustavo foi para a escolinha pela primeira vez.
Eu pensava em fazer sua matrícula somente no ano que vem, quando estaria com 3 anos, mas estava percebendo que ele precisava ir para a escolinha.
Gustavo sempre foi muito agitado e eu não me sentia muito bem deixando ele em casa a tarde toda. Tudo bem que ele descia, corria pelo gramado, ia para o parquinho, mas ter uma atividade direcionada é muito importante para ele.
Sempre que via o Guilherme fazendo dever de casa, colorindo, colando ou recortando, ele ficava doidinho para fazer também, então, vira e mexe enquanto eu fazia o dever com o Gui, dava algum desenho para ele colorir.
Ao contrário do irmão, Gustavo não deu o menor trabalho! Entrou na sala, pegou uns brinquedinhos e foi logo brincando com os coleguinhas. Eu tive de entrar na sala para ele me dar um beijo na hora de sair. Melhor assim!
A professora tinha pedido para pegarmos ele por volta das 16h, para ele não ficar muito tempo no primeiro dia, mas quando o pai foi pegá-lo ela disse para deixá-lo até o final, que ele estava muito bem!
Lembro da época que o Gui foi para a escola. Era um escândalo! Chorava muito e não me deixava ir embora. E eu precisando ir trabalhar. Saía sempre do colégio com o coração na mão. Ele só parou de me dar trabalho quando foi para o jardim I, com 4 anos.
Certamente o contato que o Gustavo já tinha com o colégio, por conta do irmão, ajudou!
Bom, espero que essa animação toda continue. A professora me alertou que algumas crianças, apesar de se comportarem bem no 1º dia, podem apresentar alguma resistência nos dias seguintes... vamos esperar para ver!
Essa é sua primeira mochila, que ele fez questão de ir levando sozinho até a sala de aula.

terça-feira, 1 de maio de 2012

O primeiro Lego

Hoje montamos o Lego que o Gui ganhou da Vovó Márcia de aniversário. 
Sempre tinha ouvido falar muito bem desse brinquedo, mas não imaginava que fosse tão bom! Me surpreendi! É muito interessante e estimula bastante a concentração, raciocínio e habilidade da criança.
Guilherme adorou! 
Esse modelo vem com três saquinhos de peças. O primeiro é para montar a mina de ouro e o carro pequeno. O segundo e o terceiro são para montar o carro de polícia.
Ajudei o Gui a montar o primeiro saquinho. Ele pegou o jeito rapidinho e os demais montou praticamente sozinho. A maior dificuldade era encaixar as peças, que as vezes ficavam duras... 
Quando montava alguma peça errada logo percebia e consertava.
Passamos um período da manhã e outro da tarde montando, mas mesmo assim só fomos terminar hoje a noite...
Antes:


Depois:





terça-feira, 24 de abril de 2012

Aniversário do Guilherme!!!

Há 5 anos, mais ou menos às 06h da manhã estávamos eu e o papai no hospital para uma consulta de emergência, já que eu estava sentindo um pequeno desconforto. Nem imaginava que estava em trabalho de parto, pois tinha acabado de completar 35 semanas.
Para a nossa surpresa a médica plantonista nos disse que eu já estava com 4 centímetros e que deveria me internar imediatamente! Imagina qual não foi a nossa surpresa, ainda não estávamos nem com o quartinho dele e nem com a mala da maternidade preparada.
Lembro direitinho de ter acordado por volta das 04h30 e ido direto para o chuveiro quente. Papai trabalhava às 05h30, então estava esperando ele acordar para avisá-lo.
Disse que ele poderia trabalhar tranquilo que eu iria sozinha (e dirigindo!) para o médico e qualquer coisa o avisaria. Mas papai, como sempre muito cuidadoso, ligou imediatamente no seu trabalho e disse que me acompanharia no médico. Ainda bem, pois na hora que a médica me disse que eu estava em trabalho de parto fiquei tão nervosa, que não sei se aguentaria receber essa notícia sozinha :D

Nosso primogênito, apesar de prematuro, nasceu saudável às 11h45, de parto normal, sem anestesia e sem ocitocina. Praticamente do jeito que eu planejava, não fosse a episiotomia necessária por conta da prematuridade (a médica disse que era melhor fazer um pequeno corte, para não forçar muito a cabecinha dele). Não precisou de incubadora e de nenhum cuidado especial!











Hoje, nosso menino está completando 5 anos!

Te amamos muito! Deus te abençoe e te dê muita saúde e muitos anos de vida!!!

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Bienal do Livro

Acabamos de chegar da Bienal do Livro. Fomos com os meninos e, claro, mais corremos atrás deles do que apreciamos os livros.
Guilherme queria de qualquer jeito um livro sobre o corpo humano. Em um dos primeiros stands que passamos ele encontrou um livro de química que tinha o desenho de um cérebro na capa. O pegou e ficou insistindo para que comprássemos. Foi engraçado! As pessoas passavam e viam aquela criança quase chorando para eu comprar um livro de química, e eu tentando explicar que era um livro de adulto :)
Por fim encontramos um livro perfeito para ele: "O corpo humano. Descobertas fantásticas". É um livro cheio de "pop-ups" e de abas para a criança levantar e descobrir como é o corpo humano por dentro. Tem fotos de todas as partes do corpo e o Guilherme ficou tão fascinado que me fez ir lendo dentro do carro, enquanto voltávamos para casa (ai minha labirintite!). Já Gustavo, escolheu um livro do Toy Story.
No meio do passeio as crianças encontraram um tapete de borracha de letras montado no chão e ficaram brincando de tirar e falar o nome das letras. Mesmo sem termos ensinado e sem frequentar a escolinha, Gustavo já sabe o nome da maioria das letras.
Foi um ótimo passeio, mas como chegamos tarde e como as crianças estavam bem agitadas, acabamos não tendo tempo de comprar nenhum livro para nós...
De qualquer forma, o que eu queria mesmo era comprar os clássicos infantis que toda criança conhece. E consegui! Saímos de lá com mais 7 livros além desses do Guilherme e do Gustavo: Pinóquio, Peter Pan, Cachinhos dourados, Chapeuzinho vermelho, João e Maria, O gato de botas e Alice no país das maravilhas.
Antes de dormir, ainda li o livro do Pinóquio para o Gui :D

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Páscoa na Praia

Esse ano tivemos uma páscoa diferente e muito legal! Fomos à praia com as crianças. Papai fez uma surpresa e organizou a viagem sozinho!
As crianças se divertiram bastante. 
Pegamos peixinhos no mar e colocamos num copo com água. Os meninos ficaram um tempão "cuidando" dos peixes.
Gustavo, que já faz natação e não tem medo de água, se soltou ainda mais na piscina: pulava da borda; mergulhava (de mão dada comigo) para pegar brinquedo no fundo da piscina; era "jogado" pelo papai para o alto e afundava até eu pegá-lo de volta; descia pelo escorregador infantil sozinho e caia na água...
Guilherme escreveu o nome dele na areia da praia:
Assistimos a um show de coelhinhos, na véspera da páscoa:
 Decoração de páscoa:
 Guilherme dormindo no café da manhã, assim que tinha acabado de levantar... haja cansaço!
 Nascer do sol registrado pelo papai, da janela do nosso quarto:
  Visão privilegiada:
Papai e eu não descansamos muito não! Os meninos sempre dormiam em horários diferentes, quando um estava acordando o outro estava começando a dormir...
Apesar da maratona, foi muito bom!!!  =)

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Ontem foi dia de teatro


No domingo, fui com as crianças e com meu afilhado assistir à peça teatral "O gato de botas" no teatro do Brasília Shopping. Foi muito divertido! As crianças ficaram bem comportadas!
Todo o mês fica em cartaz uma peça diferente da Companhia Teatral Néia e Nando, que é apresentada aos sábados e domingos, sempre às 15h e às 17h. A criança que tiver a carteirinha do programa Mais Brasília Kids, do Brasília Shopping, tem direito a 2 ingressos por final de semana. Para os que não são sócios, os ingressos são vendidos a R$ 15,00 (meia entrada). E, ainda, aqueles que são sócios e desejam comprar ingressos extras, pagam apenas R$ 12,00.
A caracterização dos personagens é muito bem feita e as peças costumam ser bem engraçadas. Vale a pena conferir!
Ficamos sabendo no final do espetáculo que também estava em cartaz a peça "Toy Story", no teatro da Escola Classe da 308/sul, da mesma Companhia (Néia e Nando). Foi uma pena, se soubéssemos antes com certeza teríamos ido assistir, pois Gustavo simplesmente ama esse desenho... Lá os ingressos são vendidos a R$ 30,00 a inteira e R$ 15,00 a meia.

segunda-feira, 26 de março de 2012

Circo com as crianças


Ontem fui ao circo com as crianças. Papai estava trabalhando, por isso tive de me virar sozinha. Considerando que a duração do espetáculo é relativamente longa para uma criança de 2 anos, fiquei um pouco apreensiva.
Mas dessa vez tudo deu certo! Gustavo ficou vidrado nas apresentações. Batia palma e participava bastante. Guilherme, claro, também ficou fascinado.
Na primeira metade do show foi tudo tranquilo. Na segunda, até o Guilherme ser escolhido para ganhar uma daquelas espadas que brilham no escuro, estava tudo bem. Às vezes eles ficavam brigando pelo brinquedo, mas acabei conseguindo distrair o Gustavo com um pacote de balinha.
Ele já estava um pouco cansado e ficava tentando fugir de vez em quando, mas era só aparecerem os palhaços Morocó e Matraca que o Gustavo ficava quietinho. Quando iam embora ele perguntava: “Mamãe, adê alhaço?”.

Final de semana que vem, mais especificamente nos dias 30 e 31 de março e 1º de abril, vai ter show do Patati e Patatá nesse mesmo circo, que está montado ao lado do estádio Mané Garrincha. Assim que entramos Gustavo viu o banner enorme e ficou perguntado pelo “Tatati e Tatatá”... Quem sabe não voltamos lá? Dessa vez, com o Papai ;)
Ah, não posso deixar de dizer que dessa vez meus filhotes se comportaram muito bem e estão de parabéns!

** Essas fotos foram copiadas do blog

sábado, 24 de março de 2012

Livros educativos


Livro Livro de Adesivos Férias de Verão da editora usborne

Sempre gostei de comprar livros para as crianças. Eles já têm uma boa coleção! Nas últimas semanas partimos para os livros educativos. Um que descobrimos por acaso foi o "Livro de Adesivos - Férias de Verão". Trata-se de um livro com vários cenários (na praia, parque de diversões, voando de avião...) e uma pequena história que orienta onde os personagens e objetos (adesivos) podem ser colados. Esse tipo de livro é voltado para crianças maiores, que já têm noção de espaço. Guilherme amou!






Livro Meu Primeiro Livro de Labirintos da editora RIDEEL
Livros Meu Primeiro Livro de Traços - Col. Kumon - Vol. 1 - Editora Rideel (8579080738)
A Kumon tem uma série de livros específicos para cada faixa etária e o bom é que tem indicação a partir de 2 anos. Comprei um para o Guilherme (Meu primeiro livro de labirintos) e, lógico, um para o Gustavo (Meu primeiro livro de traços). Eles também adoraram!

Meu primeiro livro de labirintos (idades 3, 4 e 5 anos): ajuda a criança a desenvolver habilidades de desenho e raciocínio.
Cada página traz um labirinto em cenário temático diferente, com ilustrações tridimensionais de cidades, fazendas, florestas, parques e etc para estimular a criança, já que a metodologia é baseada na repetição. No começo os labirintos são mais fáceis e gradualmente vão ficando mais desafiadores.
Em cada folha tem um campo para colocar o nome da criança e a data de realização da atividade. Ao final, tem um certificado de conclusão do livro.
No dia que o Guilherme ganhou ele ficou tão empolgado que fez todas as páginas de uma só vez com o dedo. Agora ele está completando o livro com lápis de cor.


Meu primeiro livro de traços (idades 2, 3 e 4 anos): ajuda a criança a desenvolver a habilidade de utilizar o lápis. Cada página também apresenta cenários diferentes e divertidos. No início a criança traça linhas retas horizontais e verticais. Gradualmente são introduzidas linhas diagonais, curvas e em zigue-zague. Algumas folhas apresentam avisos "aos pais" com dicas de como orientar a criança. Gustavo gostou bastante do livro, mas ainda não tem firmeza para fazer tudo sozinho.Nas primeiras vezes precisei segurar na mãozinha dele, mas depois ele já conseguia chegar de um ponto até o outro.